Notícias

23 de maio de 2016 - 17:45

MAPA autoriza 66 embarcações de SC para pesca de tainha com rede de anilha

Colatto afirma que o novo ministro da Agricultura atendeu com rapidez à solicitação da renovação das licenças

MAPA autoriza 66 embarcações de SC para pesca de tainha com rede de anilha

Brasília, 23/5/2016 – O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da portaria de número 104, de 20 de maio de 2016, renovou a licença que autoriza a pesca de tainha (Mugil liza) para 66 embarcações de Santa Catarina. De acordo com o art. 1º, a pesca pode ser feita com auxílio da rede de emalhe costeiro que utiliza anilhas.

O deputado federal Valdir Colatto (PMDB/SC), em audiência pública, com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, solicitou a renovação das licenças de pesca para a temporada de 2016. Segundo Colatto, essas licenças venceram no dia 15 de maio deste ano. “Os pescadores estavam apreensivos, pois mais de mil famílias dependem da pesca. E sem as licenças, o setor começou a ter prejuízos porque os trabalhadores estavam com as embarcações paradas. O ministro Blairo, em uma semana no cargo, resolveu esse problema”, afirma.

O deputado catarinense também explicou a importância do uso da rede para a pesca. “A rede anilhada é usada para pegar cardumes inteiros de tainha. Os pescadores identificam o cardume e vão soltando a rede enquanto o barco percorre um trajeto no formato de um círculo, cercando os peixes. Até 2014, os pescadores só podiam usar a rede de arrasto, que captura quase tudo que está no mar”, concluiu.

Confira no link abaixo a publicação do Diário Oficial da União e a lista das embarcações autorizadas pelo MAPA.

Portaria de número 104 de 20 de maio de 2016

Rádio Colatto

Modernização da Lei Trabalhista

Rádio Colatto Online
Horário de Verão
Modernização Trabalhista
AGRO é pop
Esclarecimentos sobre o Projeto de Lei de Política Nacional de Fauna  - (PL 6268/2016)
Medidas Contra a Corrupção
Lei 13.288/2016
PEC 215
Informativo
Cartilha Nova Lei dos Motoristas
Código Florestal Brasileiro