Notícias

15 de abril de 2016 - 10:36

Em CPI da Funai e do Incra, secretário da Contag não se desculpa por ameaças a parlamentares

Para Colatto, o secretário da Contag, Aristides Veras dos Santos, deveria ser preso por incitar a violência

Em CPI da Funai e do Incra, secretário da Contag não se desculpa por ameaças a parlamentares

Brasília, 15 de abril de 2016 – Nesta quarta-feira (13/04), a CPI da Funai e do Incra recebeu o secretário de Finanças e Administração da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides Veras dos Santos, que no último dia 1º, em cerimônia no Palácio do Planalto, incentivou que o MST ocupasse gabinetes e fazendas de parlamentares. A autora do requerimento de convocação foi da deputada Tereza Cristina (PSB-MS). O depoente, por orientação de seu advogado, mesmo questionado por parlamentares, manteve-se calado durante toda a reunião. O secretário obteve liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que lhe garantiu o direito de permanecer em silêncio.

O deputado Valdir Colatto (PMDB-SC) disse que esperava pedido de desculpas do depoente. “Se ele tivesse falado aqui o que falou no Palácio do Planalto, eu teria mandado prendê-lo”, destacou. Colatto questionou ainda qual a renda do secretário da Contag advinda da sua propriedade agrícola.

O parlamentar catarinense também informou que conversou com outros dirigentes da Contag que não compactuam com a fala de Aristides. “Eu tenho certeza que o pensamento da Contag é um pensamento de produtor rural, daquele que produz, que trabalha, que tem calo na mão, não que tem calo no pé de ficar andando invadindo terras pelo Brasil a fora”, destacou.

O presidente da CPI, deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), encerrou a reunião após as perguntas e fala dos líderes e afirmar que a continuidade sessão nada acrescentaria para a desenvolvimento dos trabalhos.

O relatório da CPI que investiga a atuação da Funai e do Incra está previsto para ser votado em maio.

Esclarecimentos sobre o Projeto de Lei de Política Nacional de Fauna  - (PL 6268/2016)
Medidas Contra a Corrupção
Lei 13.288/2016
PEC 215
Informativo
Cartilha Nova Lei dos Motoristas
Rádio Colatto Online
Código Florestal Brasileiro