Notícias

8 de outubro de 2015 - 16:47

Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã

Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã

Brasília, 8 de outubro de 2015 – O setor produtivo da maçã foi tema de debate em audiência pública realizada pela Comissão de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (CAPADR) da Câmara dos Deputados. O deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC), que está envolvido com o setor e tem atuação voltada ao apoio da produção, participou da audiência e destacou sua preocupação com as ameaças de importação de maçã de países como China e Argentina.

Durante a audiência, o setor da maçã teve a oportunidade de expor sua realidade e elencar os gargalos que envolvem a produção. O presidente e o diretor executivo da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM), Pierre Peres e Moises Albuquerque apresentaram dados sobre a produção mundial e brasileira, bem como sobre o consumo e os dados socioeconômicos do setor.

O presidente da ABPM, Pierre, relatou a preocupação do setor com a preservação do status do país com a erradicação da Cydia Pomonella (considerada uma das piores pragas da pomicultura), oficializada há mais de um ano. “A maior ameaça de reintrodução da praga é com a importação de frutas reconhecidas como hospedeiras, a partir de países com a presença dela, e o fato de o Brasil não impor requisitos fitossanitários tecnicamente suficientes para a proteção da pomicultura do País”, observa.

Dados do IBGE mostram que em 2015 o Brasil produziu 1,27 milhão de toneladas de maçã em uma área de 36,3 mil hectares, o que segundo a FAO coloca o país entre os 12 maiores produtores do mundo. O faturamento do segmento da maçã no Brasil, em 2014, foi na ordem de R$ 2,1 bilhões com a comercialização da fruta in natura no mercado interno.

“São gerados quase 200 mil empregos diretos e indiretos para produzir 1,3 milhões de toneladas da fruta. O pedido de não inclusão da maçã nas negociações de importações com a China se deve ao grande impacto que isso pode causar aos nossos produtores”, ressaltou o deputado Colatto.

O prefeito do município de São Joaquim/SC, Humberto Brighenti, também esteve presente na audiência e destacou que as propriedades produtoras de maçã em seu município possuem em média 5 hectares. “As pequenas propriedades de São Joaquim são essencialmente familiares e os prejuízos com a entrada de maçã chinesa será desastroso para o município”, pontuou Brighenti.

Ao final da audiência, os deputados listaram quatro encaminhamentos que norteiam a atuação parlamentar em prol do setor: fortalecimento legislativo, preocupação constante com a sanidade, manutenção do Brasil com status de livre da Cydia Pomonella – por meio da publicação de um plano de contingência -, e combate a importação predatória de países como a China e a Argentina. Além disso, os parlamentares buscarão a manutenção do orçamento de subvenção ao prêmio de seguro agrícola da safra 2014/2015 e a liberação dos valores relacionados ao termo de cooperação técnica entre a Embrapa Uva e Vinho e o Ministério da Agricultura para ações de pesquisas associadas ao cancro europeu nos pomares.

Galeria de Imagens

Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã Deputado Colatto alerta para os perigos da importação da maçã
Rádio Colatto

Auxílio para os Hospitais Filantrópicos de Santa Catarina

Rádio Colatto Online
Horário de Verão
Modernização Trabalhista
AGRO é pop
Esclarecimentos sobre o Projeto de Lei de Política Nacional de Fauna  - (PL 6268/2016)
Medidas Contra a Corrupção
Lei 13.288/2016
PEC 215
Informativo
Cartilha Nova Lei dos Motoristas
Código Florestal Brasileiro