Notícias

9 de novembro de 2016 - 17:18

Audiência no Ministério da Justiça debate conflito indígena em José Boiteux

Deputado Colatto quer segurança para os agricultores e cidadania para os índios

Audiência no Ministério da Justiça debate conflito indígena em José Boiteux

Brasília, 9 de novembro de 2016 – O conflito entre agricultores e indígenas no município de José Boiteux foi levado ao gabinete do ministro da Justiça, Alexandre Morais, na manhã desta quarta-feira (09/11). A audiência foi motivada pelos constantes casos de invasões em propriedades e, em especial, do sequestro de dois jovens por indígenas, ocorrido em outubro.

O deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) que tem acompanhado e buscado intervir nos fatos ocorridos no município e na questão indígena, de modo geral, participou da audiência e ressaltou a necessidade de que seja garantida a segurança dos agricultores, frente ao descaso com que o tema é tratado. “O ministro enfatizou que é papel do Estado garantir essa segurança para a população”, informou Colatto, que acrescentou que os Secretários de Segurança estaduais serão alertados para essa responsabilidade.

De acordo com o vereador de José Boiteux, Gilson Lehmkuhl, mesmo após o sequestro, quando foram acionadas autoridades estaduais e federais, os indígenas seguem invadindo propriedades e gerando insegurança.

Durante a audiência, o deputado Colatto enfatizou que a solução da questão indígena no Brasil, depende da garantia da cidadania para os indígenas. “É preciso que o índio se desenvolva como cidadão, preservando a sua cultura, garantindo que tenha renda para se manter”, pontuou o parlamentar catarinense.

Participaram da audiência, além do deputado Colatto; o senador Dário Berger; a deputada estadual, Dirce Heidercheidt; os advogados Jeferson Rocha e Ubiratan Maia; além do prefeito Jonas Pudewell e do vereador Gilson Lehmkuhl, de José Boiteux.

Recriação da CPI da Funai

Ainda na tarde desta quarta-feira, a Câmara dos Deputados recriou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar fatos relativos à Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Em agosto, foi encerrada, sem emissão de relatório, uma CPI com a mesma finalidade. O deputado Colatto é membro titular da CPI e assumiu sua sub relatoria.

Galeria de Imagens

Audiência no Ministério da Justiça debate conflito indígena em José Boiteux
Rádio Colatto

Modernização da Lei Trabalhista

Rádio Colatto Online
Horário de Verão
Modernização Trabalhista
AGRO é pop
Esclarecimentos sobre o Projeto de Lei de Política Nacional de Fauna  - (PL 6268/2016)
Medidas Contra a Corrupção
Lei 13.288/2016
PEC 215
Informativo
Cartilha Nova Lei dos Motoristas
Código Florestal Brasileiro